Logo

Agência Sergipe
de Notícias

Notícia

Produtores sergipanos recebem incentivo de financiamento bancário

Além do Fundo de Financiamento, agricultores contam com investimento do Governo do Estado para melhorar a safra
02 de Junho de 2017 | 10:25

Nos cinco primeiros meses do ano, foram aplicados pelo Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) cerca de R$ 96 milhões na economia rural sergipana. Além do montante, os produtores podem almejar um ano produtivo, pois está previsto para o período de inverno muitas chuvas, o que beneficiam a produção. Esta que foi incentivada pelo governo do Estado com cerca de R$ 3 milhões na compra de sementes para plantação.

Os maiores incentivados pelo FNE são os agricultores atendidos pelo Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), recebendo cerca de R$ 42,8 milhões. Os pequenos e mini produtores receberam cerca de R$ 42,1 milhões, além de R$ 11,5 milhões contratados com o setor de agronegócio.

Para o secretário de Estado da Agricultura, Esmeraldo Leal, a previsão é que as sementes cheguem na próxima semana e sejam distribuídas com celeridade. “Com o dinheiro liberado pelo Governo do Estado pudemos comprar sementes de milho, feijão, hortaliças e arroz, os quais já foram licitados e agora aguardamos a chegada na próxima semana para ser feita a distribuição”, disse.

A produção de milho tem maior destaque nos municípios de Carira, Itabaiana, Simão Dias e outros municípios localizados nas regiões Agreste e Alto Sertão, consequentemente é responsável por cerca de 70% dos recursos aplicados pelo FNE. “É gratificante saber que, por meio dos financiamentos, conseguimos alavancar a economia de uma região tão castigada pela seca, gerando emprego e renda. E o que mais nos anima é ver a esperança no rosto do agricultor”, conta o gerente de negócios da agência do Banco do Nordeste (BNB) em Carira, Edmário Lima.

Chuvas

O secretário Esmeraldo Leal acredita em uma recuperação do déficit na produção do milho com relação ao ano passado, por conta do aumento das chuvas neste ano. “Temos previsão de uma grande safra do milho esse ano, está chovendo bastante no estado, muita gente já plantou por iniciativa própria, com a distribuição das sementes a área plantada aumentará e como estamos com a previsão de inverno com muitas chuvas o estado de Sergipe deve recuperar as perdas do ano passado em função da seca”, concluiu.

Para o gerente executivo do Pronaf/BNB, Volnandy Brito, o período de chuvas reforça a perspectiva do produtor rural. "A chegada do inverno tem sido excelente, por isso os investimentos devem aumentar nos próximos meses", detalha o gestor. 

O superintendente estadual do Banco do Nordeste, Saumíneo Nascimento, relata que o empenho é geral. "Nossos gerentes estão mobilizados para manter esta referência em contratações tanto rurais quanto urbanas, voltadas para micro, pequenos, médios e grandes empreendimentos, visando ampliar as aplicações de recursos do FNE", conclui o superintendente.