Logo

Agência Sergipe
de Notícias

Notícia

Secretaria de Agricultura investirá R$ 5 milhões no fortalecimento da infraestrutura produtiva para agricultura familiar

Convênios com a Caixa Econômica Federal beneficiarão Canindé do São Francisco, Estância, Poço Redondo e região do Baixo São Francisco
29 de Dezembro de 2016 | 14:34

A Secretaria de Estado da Agricultura, Desenvolvimento Agrário e da Pesca (Seagri) formalizou com a Caixa Econômica Federal, na última semana de dezembro, diversos convênios voltados para o fortalecimento da infraestrutura produtiva de ações da agricultura familiar. Os recursos totalizam R$ 5.121.451,19 e são originados de emendas parlamentares.

O secretário da Agricultura Esmeraldo Leal, explica que as verbas estão direcionadas para a construção de centros de reforma agrária e aquisição de equipamentos para apoio à formação e à comercialização, e também para projetos que estão relacionados ao fortalecimento da agricultura familiar, com aquisição de Kits de irrigação, câmara frigorífica e balança rodoviária. “Já estamos com convênios assinados e com autorização de liberação de recursos para Canindé do São Francisco, Estância e Poço Redondo, sendo que temos mais um aguardado liberação da Caixa Econômica”, destacou.

Esmeraldo explicou que as emendas foram destinadas pelo deputado federal João Daniel. “De fato, são investimentos importantes, que confirmam a preocupação do deputado com o campo. Ele, que estabeleceu uma relação de colaboração desde o início com a secretaria da Agricultura, tem agora os recursos assinados e liberados na Caixa Econômica, consolidando a parceria”.

Destaques

Entre os investimentos, o secretário destaca a aquisição de balanças rodoviárias e a compra de equipamentos para pulverização no combate à mosca negra. “Inclusive uma das balanças é para o perímetro irrigado do Baixo São Francisco, que vai beneficiar os rizicultores. Eles produzem e não têm uma balança na região, ou seja, o arroz que é produzido em Sergipe é pesado em outro estado. Essa ação vai ajudar a dar mais controle à nossa produção e mais segurança para os produtores. Nós também recebemos a confirmação de liberação de recursos para aquisição de kits de pulverização para controle da mosca negra na região Centro Sul do Estado. Nesse caso, vai ser via Incra, que já conformou a liberação. É bom lembrar que a maioria dessas emendas é vinculada ao Ministério do Desenvolvimento Agrário, mas tem também uma emenda, que está vinculada ao Ministério da Integração, que prevê a construção de centros de abastecimento, equipamentos, veículos”, finalizou. 

  • Medium e92d1e786710caae78e08a3a361bab84
Medium e92d1e786710caae78e08a3a361bab84