Logo

Agência Sergipe
de Notícias

Notícia

Comitê de Combate à Seca visita municípios atingidos pela estiagem

De acordo com as novas deliberações da presidenta Dilma Rousseff, o Nordeste receberá recursos para ampliar o atendimento às famílias do sertão
04 de Maio de 2012 | 07:30

Representantes da Defesa Civil Estadual, da Secretaria Nacional de Defesa Civil e do Exército visitaram na última quinta-feira, 3, as cidades de Tomar do Geru, Tobias Barreto e Poço Verde para apresentar aos prefeitos o trabalho que será executado entre os entes federados com o objetivo de beneficiar a população que sofre com a seca.

De acordo com as novas deliberações da presidenta Dilma Rousseff, o Nordeste receberá recursos para ampliar o atendimento às famílias do Sertão. Essa foi a primeira visita de uma série que deverá acontecer nos 18 municípios que decretaram situação de emergência por conta da seca.

“Com a visita da presidenta da República a Sergipe, houve o indicativo da criação de um Comitê Integrado de Combate à Seca para desenvolver ações unificadas entre Governo Federal, Estadual e Municipal. Os representantes federais estão no estado para conhecer a realidade dos municípios, além de conversar com a população e com o gestor municipal. É certo que as principais necessidades já são de conhecimento de todos nós, por isso o Governo do Estado vai continuar com as ações já executadas”, destacou o coordenador da Defesa Civil Estadual, Tenente Coronel Erivaldo Mendes.

A chefe de Gabinete da Secretaria Nacional de Defesa Civil, Cristiane Antunes, disponibilizou o Sistema de Defesa Civil para os municípios sergipanos. “O Governo Federal irá trabalhar em conjunto com os direcionamentos repassados pelas coordenadorias estadual e municipal de Defesa Civil. O pedido da presidenta da República é para trabalharmos de forma que nenhum brasileiro sofra com a falta d'água. Por isso estamos nos municípios sergipanos para tentar conseguir cumprir essa tarefa. Para um bom resultado, as prefeituras precisam auxiliar e facilitar o trabalho exercido, através da operação pipa, pelo Exército e pela Defesa Civil”.

Antunes ressaltou ainda que “outras ações serão desenvolvidas num segundo momento, como a questão das construções de cisternas, beneficiamento da agricultura e da pecuária. Esse comitê que está sendo montado em Sergipe vai trabalhar com essas temáticas e informar os municípios quais medidas estão sendo tomadas”.

Esperança

Para o prefeito de Poço Verde, Antônio da Fonseca Dórea, a vinda da presidenta Dilma a Sergipe já gera bons frutos à população sertaneja. “No início de abril Sergipe recebeu a visita da presidenta Dilma, que demonstrou preocupação com questão da seca no Nordeste. Em menos de um mês recebo essa ilustre visita de representantes federais, incumbidos de conhecer a nossa situação. Fico feliz e com a esperança de que seja executado com êxito um projeto estratégico de combate à seca”.

O secretário de Administração de Tobias Barreto, Avelange Santana, representou o prefeito Adilson Santos e elogiou a somação de esforços para o combate à seca. “Essa união e a criação do Comitê é fundamental para darmos celeridade às ações que incluem o enfrentamento dos males causados pela estiagem no nosso Estado. O sertanejo precisa muito dessas medidas emergenciais”.

O prefeito de Tomar do Geru, Adelmo Alves, solicitou mais caminhões-pipa para sua cidade. “A equipe da Defesa Civil Municipal já está elaborando um novo relatório com a quantidade atualizada das pessoas que estão sofrendo com a seca no município. Assim que ficar pronto, enviaremos para solicitar mais caminhões-pipa para a nossa comunidade”.

O agricultor José Barreto Filho, morador do Povoado Curtume em Tobias Barreto, recebeu a vista da comitiva em sua casa e agradeceu o auxílio que recebe do Estado. “Mesmo com toda dificuldade que temos passado, ainda temos que agradecer, primeiro a Deus e segundo a Defesa Civil por nos trazer água. Realmente não estava preparado para uma seca dessa, mas água que chega com a operação-pipa tem nos ajudado a suportar a situação”.

Ação do Exército

No próximo dia 17 o Exército deverá assumir a operação nos 18 municípios. O representante do Exército, major Paulo Roberto, coordenador da operação pipa Federal em Sergipe, relatou que uma equipe iniciará um mapeamento nos municípios.

“Na próxima quarta-feira, dia 9, uma equipe do Exército irá mapear e georreferenciar as localidades que precisam de água. Mas é importante que os municípios elaborem uma ata com a quantidade de pessoas que deverão ser beneficiadas e encaminhem para o Exército”.

Dados

De acordo com dados do Relatório da Situação de Emergência elaborado pela Defesa Civil Estadual, atualmente a população afetada com a seca em Tomar do Geru corresponde a 1.309 pessoas; em Tobias Barreto, 9.812; e em Poço Verde, 10.545. Ao todo nos 18 municípios, 102.523 pessoas são atendidas pela Defesa Civil Estadual, através de 129 caminhões-pipa.