Logo

Agência Sergipe
de Notícias

Notícia

Governador participa do lançamento do romance da escritora sergipana Tina Correia

O governador disse que a vinda de Tina Correia a cidade para este lançamento, permite uma volta no tempo, para lembrar sua passagem como militante comunista, combatente contar a ditadura
14 de Maio de 2016 | 19:43

Numa noite bastante prestigiada, a escritora sergipana Tina Correia, que vive no Rio de Janeiro, retornou a Aracaju para lançar seu primeiro romance. O governador Jackson Barreto, contemporâneo e amigo da autora, esteve presente no evento realizado no final da tarde deste sábado, 14, na livraria Escariz da avenida Jorge Amado. O livro da também jornalista chama-se 'Essa menina - de Paris a Paripiranga'.

O governador disse que a vinda de Tina Correia a cidade para este lançamento, permite uma volta no tempo, para lembrar sua passagem como militante comunista, combatente contar a ditadura. Para ele, o evento promoveu o reencontro de uma geração.

"Ela tem uma história bonita. Eu convivi muito com Tina, na verdade Janete Correia de Melo, filha de Tonico Alfaiate. Ela participou do famoso congresso de estudantes de Ibiúna (SP). Foi presa política em São Paulo, ao lado de Gama, Benedito Figueiredo, Bosco Rollemberg e tantos outros companheiros. A sua volta com Anselmo Gois, esse grande amigo que foi meu companheiro de cela na ditadura militar, é uma festa de reencontro. No lançamento de seu livro, ela demonstra que está viva na área literária e que ela veio resgatar um pouco a memoria de sua história. Nós estamos felizes aqui ao lado de Tina e de 'Esta Menina'", disse.

A autora

Tina nasceu em Aracaju, mas mora no Rio há mais de 30 anos, mesmo período que o seu livro levou para ser publicado. Obra que tem recebido críticas positivas em todo o país. Em sua narrativa, retrata a cultura popular nordestina e traz memórias da infância da autora. Sobre os elogios, a escritora diz ser motivo de alegria e também de responsabilidade.

O jornalista Anselmo Gois, marido da eacritora, também esteve na cidade na noite de autógrafos, juntamente com os antigos companheiros João Augusto Gama, Wellington Mangueira, entre outros presos políticos do período ditatorial.

“Wellington, Jackson, essa é a geração 1968. Tina também foi presa junto com todas as lideranças eatudantis, Gama também esteve lá. É uma emoção enorme está aqui hoje revendo os amigos. O ano de 68 foi o ano mais feliz da minha vida, eu terminei na cadeia, mas foi o ano mais feliz”, relatou o jornalista.

Entre os presentes no lançamento, estavam o ex-governador Albano Franco, o presidente do Tribunal de Contas, Clóvis Barbosa, o prefeito da capital, João Alves Filho, o ex-prefeito Edvaldo Nogueira, o secretário de Estado da Comunicação, Sales Neto, entre outras autoridades.

 

  • Medium 3ad7c63bd8e029b6b2255f53a69f2aec
  • Medium 12c86f72459e869bd0159f56a88870b3
  • Medium ab7a203a832429e0404f8d9bc98ae745
  • Medium 238ced1abebcca63bd0005568c565e53
  • Medium c4233ebed38a57d5eb5760b47e5cdb88
  • Medium 139d4fe9cf214344f4fe8ad8574e2b3d
Medium 3ad7c63bd8e029b6b2255f53a69f2aecMedium 12c86f72459e869bd0159f56a88870b3Medium ab7a203a832429e0404f8d9bc98ae745Medium 238ced1abebcca63bd0005568c565e53Medium c4233ebed38a57d5eb5760b47e5cdb88Medium 139d4fe9cf214344f4fe8ad8574e2b3d