Logo

Agência Sergipe
de Notícias

Notícia

Interligação das Avenidas Rio de Janeiro e Gasoduto: alça do viaduto recebe primeira camada asfáltica

A obra é uma das mais modernas intervenções em prol da mobilidade urbana de Aracaju ligando a Zona Oeste a diversos bairros da Zona Sul e à Zona de Expansão
18 de Dezembro de 2017 | 10:41

A nova alça do viaduto do Detran, um dos pontos iniciais da interligação das Avenidas Rio de Janeiro e Gasoduto, recebeu a primeira camada asfáltica em toda a sua extensão. Executada pelo governo de Sergipe, por meio da secretaria de Estado da Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano (Seinfra) em parceria com o Departamento Estadual de Infraestrutura Rodoviária de Sergipe (DER), a obra é uma das mais modernas intervenções em prol da mobilidade urbana de Aracaju ligando a Zona Oeste a diversos bairros da Zona Sul e à Zona de Expansão.

A interligação

Tendo o seu início a partir da nova alça do viaduto do Detran, paralelo ao final da Avenida Rio de Janeiro, a intervenção compreende a construção de uma alça de concreto armado, avenida com duas pistas de rolamento, de nove metros cada uma, dois passeios (2,5 metros cada), duas ciclovias (1,5 metros cada), canteiro central com oito metros e iluminação pública, além da construção de duas pontes sobre o Rio Poxim, totalizando 4.950 metros de extensão.

Com investimentos provenientes do Programa de Infraestrutura de Transporte e Mobilidade Urbana (Pró-Transporte) na ordem de R$ 46.191.162,99, sendo que R$ 24.302.501,63 foram específicos para a desapropriação de áreas e imóveis, a interligação dispõe atualmente de um efetivo com 94 profissionais distribuídos em quatro frentes de trabalhos e em vários trechos da sua extensão, retroescavadeiras, caçambas, pá carregadeiras, carros pipas, patrol, trator de esteira, rolo compressor e outros tipos de máquinas compõem o cenário daquela área no bairro Inácio Barbosa.

O andamento dos serviços

Segundo o secretário Estadual da Infraestrutura, Valmor Barbosa, o estágio da obra é bastante satisfatório. “Aplicamos a primeira camada asfáltica nos 240 metros de extensão da nova alça e em 280 metros em um trecho do lado direito da Avenida Quirino. Em outro ponto da mesma avenida, próximo à estação da DESO, fizemos o mesmo tipo de serviço, bem como em dois trechos nas proximidades do viaduto, totalizando 900 metros de extensão, bem como concluímos todo o remanejamento da tubulação de gás dentro do cronograma estabelecido”, explica.

Ele acrescenta que os trabalhos também avançam em outros pontos da interligação. “Estamos concluindo a demolição e paralelamente fazendo a remoção de entulhos da construção do último imóvel que passou pelo processo de desapropriação, dando continuidade à implantação do meio-fio na Avenida Quirino, onde já constam 1.100 metros aplicados. Um pouco mais adiante, nas proximidades do conglomerado de galpões de aluguel, outra equipe de profissionais executam a construção do passeio. Já sobre as duas pontes sobre o Rio Poxim, os operários finalizam a última laje de transição”, detalha.

Valmor Barbosa ressalta que, nas próximas semanas, o andamento dos trabalhos ficará ainda mais célere. “Aplicaremos a última camada de asfalto na Avenida Gasoduto em um pequeno trecho próximo à cabeceira das pontes e concluiremos o pouco que resta dos serviços de drenagem. Posteriormente serão executados os serviços complementares a estas ações, nos dando a garantia de que nos primeiros meses do ano que vem a mobilidade urbana da capital terá melhorias significativas, facilitando o ir e vir dos sergipanos”, afirma.

Fortalecimento da mobilidade urbana

Ainda segundo o secretário, essa é uma das mais importantes e significativas intervenções em prol da mobilidade urbana da capital construídas por um governo estadual. “A implementação do novo viaduto do Detran foi a primeira parte de uma obra que agora se completa. As avenidas Tancredo Neves e Heráclito Rollemberg são duas vias cruciais para o trânsito na capital e, em momentos de pico, são os maiores pontos de conflito na fluidez do tráfego. Com essa nova avenida, teremos uma via larga que facilitará o escoamento de veículos que se deslocam para a Zona Sul e a Zona de Expansão, pondo fim a um gargalo que é esse percurso, principalmente para quem atravessa a cidade de oeste a leste e, sobretudo para os moradores do conjuntos JK, Sol Nascente e Santa Lúcia, que a partir desta interligação não dividirão fluxo com quem trafega pelas Avenidas Tancredo Neves e Heráclito Rollemberg e terão um acesso mais rápido ao aeroporto, aos conjuntos Orlando Dantas, Marivan, Augusto Franco e também às praias”, frisa.
 

  • Medium ebb1cd91d86528a73472e797114f46ee
  • Medium bf953b70cfa78ac64c90bf738da409e6
  • Medium c76ea83fca81e4424ed0a0357f549ccb
  • Medium 5d514613f4315317c9f0a45f827adc53
  • Medium 4b2b68d9fffd891ce57179b5fc50e55c
  • Medium 25e45c5d377618d1e22bf10f58731d55
Medium ebb1cd91d86528a73472e797114f46eeMedium bf953b70cfa78ac64c90bf738da409e6Medium c76ea83fca81e4424ed0a0357f549ccbMedium 5d514613f4315317c9f0a45f827adc53Medium 4b2b68d9fffd891ce57179b5fc50e55cMedium 25e45c5d377618d1e22bf10f58731d55