Logo

Agência Sergipe
de Notícias

Notícia

Academia de polícia encerra curso de Investigação de Homicídios

A iniciativa é resultado de um projeto de capacitação voltado à prevenção, enfrentamento e redução da criminalidade violenta
26 de Maio de 2017 | 17:43

A Secretaria de Segurança Pública (SSP), por meio da Academia de Polícia Civil do Estado de Sergipe (Acadepol), realizou na manhã desta sexta-feira, 26, o encerramento da 9ª edição do curso de Investigação de Homicídios. A iniciativa é resultado de um projeto de capacitação voltado à prevenção, enfrentamento e redução da criminalidade violenta e teve como objetivo principal proporcionar aos profissionais de segurança pública maior conhecimento sobre o processo investigatório, aplicando técnicas modernas nas investigações de homicídios.

Para o diretor da Academia de Polícia Civil, delegado João Batista, o momento foi de extrema importância tanto para a aprendizagem como para a interação entre os policias. “É um evento que tem que acontecer periodicamente, é uma troca de informações muito importante. Nós aqui da Acadepol vamos buscar isso com muito afinco, trazer policiais de outros estados, de outros países para interagir com as nossas equipes e criar uma cultura de investigação, uma cultura de estudo da investigação como a ciência, que é a investigação policial. É muito importante a presença de todas as forças policiais do estado, Polícia Federal, Polícia Militar, Polícia Civil, Perícia Criminal, porque além de trocar informações e estudar o que é investigação, você também interage e se conhece, até porque amanhã todos esses agentes estarão nas ruas”, declarou o diretor que elogiou o trabalho ministrado pelos policiais de Miami.

O curso destinado aos profissionais sergipanos contou com a participação do tenente e comandante da unidade de homicídios da Polícia de Miami, Carlos Castellanos e da detetive da unidade de homicídios de Miami, Hilda Hinterschied, que ministraram aulas e partilharam experiências para os participantes do curso.

Para o delegado de Polícia Civil Kássio Viana, que participou da 9ª edição do curso, o evento é benéfico não apenas para os policiais envolvidos, mas também para a sociedade. “É um excelente trabalho que a academia de polícia está fazendo junto com a Senasp, trazendo uma experiência de outros países para a gente, com o objetivo de adaptá-las a nossa realidade para podermos levar para a sociedade um trabalho ainda melhor na investigação de homicídios” concluiu.

O superintendente executivo da SSP, coronel José Pereira de Andrade Filho, representou o secretário de Estado da Segurança Pública, delegado João Eloy, e para ele a cooperação dos participantes foi de suma importância para o sucesso de todo o evento. “Esse ambiente serviu muito para que eles adquirissem conhecimento e informações, com essa troca quem ganha é a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) e a sociedade” enfatizou o superintendente que externou felicitações aos formandos do curso.

  • Medium f0370bd971b60f6bcb963fdb2a199651
Medium f0370bd971b60f6bcb963fdb2a199651