Logo

Agência Sergipe
de Notícias

Notícia

Secretaria de Turismo e Esporte faz balanço de ações dos últimos dois anos

Apenas em 2015, foram investidos mais de R$ 6 milhões em obras, capacitação e promoção e divulgação do destino em feiras no Brasil
13 de Junho de 2016 | 11:29

Após reforma administrativa de 2015, que gerou a fusão das secretarias de Turismo e Esporte, o Governo do Estado deu continuidade a uma série de ações buscando fomentar o desenvolvimento dos setores. Apenas no ano passado, foram investidos mais de R$ 6 milhões em obras de infraestrutura turística, capacitação de mais de três mil agentes de viagem, treinamento e qualificação de cerca de 400 profissionais de turismo em ação do Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur/SE), e promoção e divulgação do destino em feiras no Brasil.

Outro destaque foi o acordo, que, por determinação do governador Jackson Barreto, garantiu a redução de 17% para até 12% da alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) incidente sobre o querosene de aviação, o que elevou o número de voos comerciais regulares do Aeroporto de Aracaju de 18 para 25 por dia.

Turismo

O primeiro semestre de 2016 foi marcado por capacitações para estimular a formação profissional e empresarial continuada nas cidades de Barra dos Coqueiros e Estância, e ainda a realização de obras estruturantes voltadas ao turismo, como as de esgotamentos sanitários, orlas fluviais, pista para caminhadas e quiosque de informações turísticas. Essas últimas intervenções foram realizadas nas cidades de Indiaroba, Santa Luzia do Itanhy, Poço Redondo, Santana do São Francisco e Canindé de São Francisco.

A participação do Estado em feiras, capacitações, famtours [forma de promoção do turismo] para organizadores e promotores de eventos, press trips [tour de divulgação do destino turístico], merchandisings, ações nas mídias sociais e rádio foram colocadas em prática também.

Outro ponto a ser destacado foram os investimentos realizados por meio do Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur/SE) com recursos da ordem de US$ 100 milhões, sendo US$ 60 milhões do BID e US$ 40 milhões de contrapartida do Governo de Sergipe, devidamente integralizados. A Unidade de Coordenação de Sergipe (UCP) teve licitações referentes à capacitação de pessoal para o turismo, plano de marketing e obras de infraestrutura turística.

Além disso, em 2015 foram utilizados recursos para melhoria da infraestrutura turística de Sergipe, como a construção de novas orlas ribeirinhas e à beira-mar, bem como da reforma e ampliação do novo Centro de Convenções de Sergipe (CCS). Essa obra garante um novo posicionamento para a atração de eventos, pois o local poderá receber ações com até 5.000 participantes, principalmente nos meses de baixa estação, reforçando assim o movimento dos 52 segmentos da cadeia produtiva do turismo.

A reforma e ampliação do CCS é um antigo sonho de todo o trade e é um marco para o desenvolvimento da economia e do turismo de Sergipe. Com o pleno funcionamento do Centro de Convenções, a previsão é de elevação do fluxo turístico de eventos e negócios dos atuais 5% para algo em torno de 30%, de acordo com as expectativas do setor.

O turismo de eventos emprega mais de 7,5 milhões de pessoas no Brasil, entre ocupações diretas, terceirizadas e indiretas, segundo estudo realizado pela Associação Brasileira Empresas Eventos (ABEOC) e o Sebrae entre 2013 e 2014. Nos eventos nacionais o gasto médio é de US$ 150 dólares/dia. Já nos eventos internacionais, o turista desembolsa cerca de US$ 330 por dia (média de cinco diárias), durante sua permanência no Brasil, de acordo com estudo realizado, em 2013, pela FGV para a Embratur, denominado  ‘Impacto Econômico dos Eventos Internacionais Realizados no Brasil’.

Ainda com relação aos investimentos, foram R$ 136,24 mil destinados em Plano de Proteção Ambiental nos polos Costa dos Coqueirais e Velho Chico. Além disso, o Prodetur, em parceria com o Senac, desenvolveu cursos de capacitações profissional, contribuindo para melhorar a qualidade dos serviços prestados aos turistas.

Outro investimento importante para o turismo sergipano é a construção da nova Orla de Canindé de São Francisco, que será entregue em 2016. Foram cerca de R$ 6 milhões investidos através do Prodetur/SE, e além da construção da orla, está em finalização também o moderno sistema de esgotamento sanitário que irá atender todo o entorno, beneficiando os moradores e os estabelecimentos comerciais.  

Os investimentos garantiram ao turismo sergipano o segundo lugar na geração de emprego e renda no estado, com 1.900 postos de trabalho entre janeiro e junho de 2015.

Impactos do Prodetur

O Governo de Sergipe tem em execução atualmente cerca de R$ 50 milhões investidos em obras de infraestrutura turística. Dentre as obras em processo licitatório estão as de esgotamento sanitário e orla no município de Santa Luzia do Itanhy no povoado Crasto, garantindo proteção e sustentabilidade ambiental; orla e atracadouro na Ilha Mem de Sá e povoado Caibros, em Itaporanga D’Ajuda; construção da orla do povoado Curralinho, em Poço Redondo; modernização da orla em Nossa Senhora do Socorro; orlas no povoado Saúde, em Santana do São Francisco, povoado Pontal, Indiaroba; praça de eventos em Nossa Senhora do Socorro; elaboração e execução do projeto Litoral Sul; modernização da iluminação em LED da Orla da Atalaia; projeto da nova Orla de Aracaju; reforma da Orla Pôr do Sol e da Rua do Turista, em Aracaju.

Esporte

Na área esportiva, a qualidade das arenas esportivas foi fundamental para que Sergipe recebesse equipes e eventos de diversos lugares do país e do mundo para realização de treinamentos e competições de variadas modalidades.

A reforma e modernização da Arena Batistão, por exemplo, possibilitou novo estádio multiuso e mais segurança aos usuários. O local possui um dos melhores gramados do Brasil, além de agregar modernas instalações atendendo aos padrões Fifa. Outro destaque para a arena foi à criação do projeto do Museu do Esporte, com o objetivo de transformar o Batistão em forte atração turística, onde se possa resgatar e exibir de forma interativa a memória do esporte no estado.

Outras modalidades olímpicas também deram destaque ao esporte sergipano, como é o caso do kickboxing, Parkour, Grand Prix de Futsal, Mundial de Vôlei de Praia e o campeonato Norte e Nordeste de Boxe.

A criação de projetos como o ‘Mexa-se’, passou a incentivar a prática esportiva buscando melhorar a qualidade de vida. Algumas parcerias também foram importantes na realização de eventos esportivos que aconteceram no estado, como o troféu Brasil Caixa com destaque das ginásticas rítmicas e artísticas em Aracaju e a edição da corrida do Milhão. Cabe destacar, também, o permanente apoio do Governo do Estado, através da Setesp, para diversas federações de esporte, de modo a fomentar a realizar de competições em todo o estado.

Ações realizadas em 2016

Para desenvolver ainda mais o esporte, o Governo do Estado realizou obras de reformas nos estádios Etelvino Mendonça, na cidade de Itabaiana, e Augusto Franco, em Estância, apoiou e garantiu parcerias com diversas modalidades esportivas, como foi o caso da Liga Universitária Norte/Nordeste de Esportes de Quadra, que reuniu cerca de 700 atletas em Aracaju em abril deste ano.

Por ser ano de Olimpíadas, Sergipe receberá seleções de sete países para treinamentos de aclimatação para os jogos Olímpicos Rio 2016. Do Japão virão as equipes de futebol e ginástica artística. Polônia, Áustria, Belarus (antiga Bielorrússia), Cazaquistão, Ucrânia e República Tcheca também vão trazer seleções de ginástica e natação. Sem contar a Seleção Brasileira de Ginástica Rítmica, cuja base de treinamento é em Aracaju.

Receber essas seleções representa celebrar não só o esporte sergipano como também o turismo que terá visibilidade na mídia mundial. A previsão é que cerca de 100 jornalistas estejam presentes apenas para a cobertura da seleção japonesa de futebol olímpico na capital sergipana durante o período de treinamentos, divulgando internacionalmente o nome do estado.

  • Medium 0959571c16a96e50e33302b2a11f3143
  • Medium 73e92d995e19bf4d584f836179916df6
  • Medium 0aa722a46cd87511e0d32ada8904ff03
  • Medium f3b5c7c350b38afe28eba630b2748874
Medium 0959571c16a96e50e33302b2a11f3143Medium 73e92d995e19bf4d584f836179916df6Medium 0aa722a46cd87511e0d32ada8904ff03Medium f3b5c7c350b38afe28eba630b2748874